Termos de uso | Política de Privacidade | Fale Conosco
Página Inicial

 

Usuários Cadastrados:
Hoje: 0
Ontem: 0
Total: 1138
Último: JAIKABULO

Quem está online:
Visitantes : 1
Usuários : 0
Total: 1
Listar Usuários [pop-up]

Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente as novidades

Entrar

Google
 
RSS
(1) 2 3 »
Economia : 
Enviado por Francisco Morais em 06/08/2011 20:24:53 (1757 leituras)

O governo do Estado já estuda novas adequações ao sistema de tributação de medicamentos. Para evitar alta nos preços dos medicamentos e colapso na venda de genéricos e similares, o governo do Estado decidiu alterar o Decreto nº 22.289, em vigor desde a segunda-feira, 1º de agosto. A Secretaria Estadual de Tributação já admite que não pode usar uma fórmula única para taxar medicamentos similares, genéricos e éticos (de referência).

Depois de várias reuniões, a SET identificou que tanto na tributação pelo Preço Máximo ao Consumidor (PMC), como está estabelecido no decreto, como pelo Preço de Fábrica (PF) - outra possibilidade em estudo - o impacto seria negativo para o setor farmacêutico. "A diferença nos preços de balcão entre similar e ético; e entre genérico e ético é mesmo grande. A tendência é encontrar uma solução que seja adequada a essa realidade", explicou o titular da SET, José Airton da Silva.

Classificação: 9.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Leia mais... | Mais 4136 bytes
Economia : 
Enviado por Francisco Morais em 03/08/2011 00:00:00 (1864 leituras)

O governo do estado alterou o sistema de tributação dos produtos farmacêuticos comercializados no Rio Grande do Norte, igualando, na prática, a forma de cobrar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para as empresas do setor. Antes, algumas delas, de grande porte, tinham a carga tributária reduzida porque contavam com um regime especial, segundo explica a Secretaria Estadual de Tributação (SET). “Agora, a carga será a mesma para pequenos e grandes comerciantes. Isso dará competitividade ao setor”, avalia o subcoordenador de fiscalização de estabelecimentos da SET, Hermeneluce Fernandes. Mas o que pode acirrar a concorrência, pode também representar pum peso extra para o consumidor. A presidente do Conselho Regional de Farmácia do RN, Célia Aguiar, diz que a medida vai elevar os preços dos produtos já em agosto, quando começa a valer o novo regime. Ela não estimou a quanto deverá chegar o reajuste.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Leia mais... | Mais 4439 bytes
Economia : 
Enviado por Francisco Morais em 01/05/2011 14:47:54 (2019 leituras)

A cadeia produtiva da cajucultura no Rio Grande do Norte, sobretudo os pequenos produtores, terá melhores condições para beneficiar a castanha de caju e ampliar em pelo menos 20% o preço por quilo do produto comercializado. A quantidade de minifabricas de beneficiamento de castanha já chega a dez unidades, instaladas nas principais regiões produtoras. As duas últimas foram inauguradas na última sexta-feira (29) pelo Sebrae no Rio Grande do Norte nos municípios de Campo Grande e Vera Cruz. A construção das minifábricas faz parte de um convênio entre o Sebrae-RN e a Fundação Banco do Brasil, com apoio da Emparn, Emater, Conab e Banco do Brasil.

Classificação: 9.00 (1 voto) - Classifique esta notícia - Leia mais... | Mais 2575 bytes
Economia : 
Enviado por Francisco Morais em 01/04/2011 21:13:15 (1643 leituras)

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) irá atualizar a tarifa de energia no próximo dia 22 de abril, de acordo com o calendário da de reajustes anuais da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). O reajuste implicará em um impacto médio para o consumidor de 11,60%. As empresas encaminham à Aneel uma solicitação de reajuste, que é analisada pela Companhia que define os percentuais a serem atualizados.

Além da Cosern, outras dez distribuidoras farão atualizações das tarifas, segundoo calendário. São elas: Companhia Energética de Minas Gerais S/A (Cemig), Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat), Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL -SP), Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S/A (Enersul), AES Sul Distribuidora Gaúcha de Energia S/A, Usina Hidro Elétrica Nova Palma Ltda (Uhenpal), Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), Energisa Sergipe - Distribuidora de Energia S/A (ESE) e Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Leia mais... | Mais 1813 bytes
Economia : 
Enviado por Francisco Morais em 08/03/2011 21:01:23 (1281 leituras)

Brasília - O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retoma o pagamento de aposentados, pensionistas e demais segurados na próxima quinta-feira (10). O calendário de pagamentos foi interrompido ontem devido ao feriado de carnaval.

Segundo o INSS, os segurados que recebem acima do piso e têm cartão com final 5 ou 0 - desconsiderando-se o dígito- recebem o pagamento de seus benefícios na quinta. Na mesma data, o INSS deposita o pagamento para quem recebe até um salário mínimo e tem cartão com final 0, desconsiderando-se o dígito.

Classificação: 0.00 (0 votos) - Classifique esta notícia - Leia mais... | Mais 1373 bytes
(1) 2 3 »

Nossa gente!

Padrinhos lindos de Pietra

Padrinhos lindos de Pietra